A reforma do ensino médio e o Futuro-se foram tema de debate durante uma mesa redonda com caráter de Audiência Pública da Câmara Federal, no auditório do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Cáceres, nesta sexta-feira (18). A Associação dos Docentes da Unemat (ADUNEMAT) participou da composição da mesa para os debates ao lado de outras entidades do setor da Educação.

Além da Base Nacional Curricular (BNCC), tema bastante discutido durante a mesa, o Future-se chamou a atenção, com  diversos apontamentos e críticas com relação ao projeto do governo, entre eles o caráter privatista e de desmonte da educação federal pública. A ADUNEMAT esteve representada pela presidente, Sílvia Nunes, que durante sua fala, foi incisiva ao criticar o projeto. Segundo ela, as políticas de desmonte federais funcionam como um álibi para os Estados e Municípios seguirem o mesmo caminho para as Universidades Federais.

Também participaram da audiência Gilmar Ferreira Soares, da coordenação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a Deputada Rosa Neide e Anderson Bezerra, representante do Instituto Federal de Cáceres, com a coordenação de Matheus Pontes, também do Instituto Federal de Cáceres. 

A mesa compôs a programação da XV Jornada de Educação da Unemat (JORNEDUC), que encerra suas atividades hoje (18), com a mesa redonda “Políticas e reformas curriculares: a BNCC e o ensino médio em debate”, às 19h, na Sicmatur de Cáceres.