Data marca o Dia de Luta em Defesa da Educação, com mobilizações em todo o país; Confira!

Nesta quarta-feira, 19 de maio, docentes, técnicos e estudantes das instituições de ensino superior públicas – federais, estaduais e municipais – realizam atos por todo o país no Dia Nacional de Luta “A Educação precisa resistir”. A deliberação foi tomada em reunião conjunta dos Setores das Instituições Federais (Ifes), Estaduais e Municipais de Ensino Superior (Iees/Imes) do ANDES-SN, na última sexta-feira (14).

A mobilização, que terá atos em Mato Grosso, será por vacina, pão, saúde e educação; pelo Fora Bolsonaro e Mourão; contra o Projeto de Lei (PL) 5595/20, que prevê a reabertura de escolas, universidades, institutos e Cefet no pior momento da pandemia da Covid-19; pela recomposição dos orçamentos das instituições federais de ensino; contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/20, da reforma Administrativa; e também pela revogação da Portaria do MEC 983/2020, que traz ataques aos professores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Em Mato Grosso, a programação prevista pela Associação dos Docentes da Unemat (ADUNEMAT) inicia no período da manhã com a fixação de faixas em defesa da educação pública em Sinop, Barra do Bugres, Nova Mutum, Juara e Alta Floresta. Em Cáceres, os docentes se preparam para um Ato Público com início às 17h, em frente ao Campus da Unemat. O ato contará ainda com presença de outras entidades da educação que participam da mobilização neste dia 19.

Segundo o Sindicato, é fundamental que a categoria se mobilize e se manifeste neste Dia de Luta em Defesa da Educação. Ainda segundo o Sindicato, existem graves ataques do Governo Bolsonaro à educação, ao povo e à nação, por isso é imprescindível que a categoria mostre seu poder de mobilização e de defesa dos serviços públicos, em especial, da educação pública. 

Confira o material da mobilização:

CARDS PARA REDES SOCIAIS
ATO PÚBLICO EM CÁCERES