Após aprovação da primeira parte da Reforma da Previdência de Mauro Mendes, Conselho aprova e encaminha para a Assembleia a segunda e última parte da Reforma Estadual

0
2

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (14), o Conselho da Previdência de Mato Grosso aprovou o envio à Assembleia Legislativa da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que prevê mudanças nas regras de concessão de aposentadorias dos servidores estaduais, seguindo os mesmos moldes da reforma nacional. O projeto deve começar a tramitar na Assembleia Legislativa a partir do mês de fevereiro e aprovado ainda neste semestre.

A proposta foi aprovada por sete votos favoráveis, contra cinco. Esta foi a reunião de continuação da 11º reunião do Conselho de Previdência, que foi suspensa para análise da proposta após pedido de vistas de conselheiros, em dezembro do ano passado O Conselho é o órgão de deliberação superior da Previdência Estadual, que tem a finalidade de assegurar o regime de previdência de caráter contributivo e solidário, garantindo o equilíbrio financeiro e atuarial.

Dessa forma, Mauro Mendes avança com seu trator para a segunda parte de sua truculenta Reforma Estadual, onde os deputados estaduais farão a análise e possíveis mudanças no texto enviado pelo Executivo. “Mais um desafio para os servidores públicos que vão precisar de ainda mais mobilização para enfrentar essa a segunda parte da Reforma” enfatiza a vice-presidente da Associação dos Docentes da Unemat – ADUNEMAT, Edna Sampaio.

Com informações do Olhar Direto/UnicaNews e assessoria Adunemat